Deuxieme


sexta-feira, maio 04, 2007

Depois de Family Guy... eis que temos American Dad

Son, if you ever get captured by any terrorists in the neighborhood and end up on al-Jazeera, just blink you location in Morse code. I'll have a bomb dropped on your location immediately’. – Steve Smith


Já há algum tempo que esta série estava para ser trazida a este blog. É verdade que haverá por aí muito bom fã de Family Guy que certamente já deitou os olhos a esta outra pérola saída da mente de Seth MacFarlane. Após quatro temporadas de Peter Griffin, MacFarlane lançou-se na criação de uma nova série, toda ela assente nas tensões internacionais da actualidade, em particular, nas delicadas relações que a administração dos Estados Unidos mantém com o Oriente. Em boa altura o fez, pois nunca este sumo foi tão sumarento – uma câmara dentro da sala oval, e certamente que teríamos material para uma sitcom género The Office. American Dad limita-se a transpor o pensamento ultra-conservador dos republicanos (o do Dad Steve Smith, por exemplo), contrapondo com a ridicularização imediata das soluções propostas pelos democratas (sobretudo Hayley, a filha). Nada mais do que isto. A série alimenta-se de questões politicas do presente mas, ao contrário do Daily Show, por exemplo, onde a orientação democrata é claramente privilegiada, acaba por não favorecer qualquer partido, nem cair na tentação de censurar qualquer medida. Tudo é dito com bastante ironia, mas tudo é aceite – o coração de Steve consegue ser tão grande, como ínfimo. Pessoalmente, a série torna-se bastante agradável depois de vermos apenas alguns episódios. Assim que percebemos o comportamento obsessivo-compulsivo de Steve e a obsoleta cultura organizacional da C.I.A, tudo se torna mais fácil; até a presença de um alien deixa de causar desconfiança. Os risos saem mais facilmente com as infantilidades de Peter Griffin, o terror de Stewie, ou a frontalidade de Brian. Ainda assim, depois de Futurama e South Park, American Dad será muito provavelmente a melhor série de animação a surgir no prime-time norte-americano.

É verdade que pela temática abordada, a série limita de alguma forma os assuntos passíveis de discussão. O público interessado naquilo que o programa tem para oferecer não é tão diversificado como o de Family Guy, é certo. Ainda assim, agora que a segunda temporada vai a meio, podemos afirmar garantidamente que vale a pena acompanhar o dia-a-dia de uma família que tem uma bandeira norte-americana no jardim… e outra no quarto, por cima da cama. Especialmente se já tivermos familiarizados com o “It seems today, that all you see…”.

Alvy Singer

4 Comments:

Anonymous Tiago Oliveira said...

Absolutamente genial! Grande, grande, grande série. Excelente escolha.

4 de maio de 2007 às 00:38  
Anonymous Pedro Almeida said...

Um reparo: o "Dad" é Stan Smith, não Steve. Esse é o filho.

4 de maio de 2007 às 08:05  
Blogger Alvy Singer said...

Tem razão, Pedro. O Steve é o pequeno idiota. O Stan é o grande. Obrigado pela rectificação.

4 de maio de 2007 às 08:29  
Anonymous Sonia Prata said...

Sem dúvida! Uma das melhores series de animaçao.

7 de maio de 2007 às 00:56  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection