Deuxieme


sexta-feira, dezembro 28, 2007

O Deuxieme no lugar da Reuters.

Três ou quatro minutos chegam para correr as notícias de hoje. Numa espécie de versão concentrada, este post pretende abarcar o que de mais importante deve ter passado esta quinta-feira pelos escritórios da Reuters.

Começando pela vigor que Bruckheimer parece estar a empregar, finalmente, a Prince of Persia. Ao que tudo indica, é desta que as coisas vão avançar. Mas, o todo poderoso produtor deixou já o aviso de que as coisas podem ser um pouco diferentes do esperado. Epá, por esta é que não esperávamos, Bruckheimer a querer dar um toque pessoal a um projecto seu. Mais surpreendente do que isto, só se nos disserem que o próximo filme de Shyamalan vai ter um twist no final.

“First of all, it's an interesting period and it's something that other people weren't doing. So I always like to go into arenas that other filmmakers aren't in. I think it's the 8th or 9th century but you know, that could change, too. We might change it a little. It'll definitely be a period film. We're not going to make it contemporary.” Se tudo correr como esperado, a rodagem, com Mike Newell como realizador, começará lá para Junho de 2008. Uma coisa é certa: se isto tiver sucesso, teremos franchise para uns anitos.

Outra coisa que as gentes da Reuters devem ter lido hoje foi esta bela frase de Nicolas Cage: “All they have to do is call. I would love to see that happen. That would be fun. O tema em questão é a sequela de Ghost Rider. Sim, esse filme pelo qual o brilhante actor de Morrer em Las Vegas e Inadaptado recebeu algumas das piores criticas da sua carreira. Tendo em conta que esta é a personagem de BD preferida de Cage, que foi o actor que moveu mundos e fundos para protagonizar a adaptação ao cinema, e que agora surge este incentivo a uma sequela, é caso para dizer que o amor é mesmo cego.

Por último, o trailer de The Duchess, algo que também deve ter passado pelos computadores nos escritórios da Reuters. Uma boa maneira de avaliar a popularidade de uma actriz é quando, no trailer, o nome da mesma, por si só, apresenta o filme. Não é preciso mais nada, basta metermos o nome dela, devem ter pensado os produtores. Faz lembrar o pouco Jane Fonda na década de 70. A estratégia é boa, até porque é uma win-win situation para o estúdio. Se o filme correr bem, ganham a aposta. Se correr mal, a culpa foi da Keira. Pelo menos, para já, parece que a actriz não abandona Hollywood. Já não se fazem Greta Garbos como antigamente.

Alvy Singer

Etiquetas: , ,

2 Comments:

Blogger Unknown said...

sinceramente tens razao o amor é mesmo cego , pork o ghost rider foi simplesmente fraco e agora uma sequela .kerem nos matar ou kê?

28 de dezembro de 2007 às 18:00  
Anonymous Anónimo said...

E para quando o filme Splinter Cell baseado nos livros e nos jogos de computador e plataformas?

4 de janeiro de 2008 às 20:18  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection