Deuxieme


quarta-feira, março 04, 2009

Um trailer do futuro.

Ontem, notícias frescas ficaram por postar. Hoje, alguns dos textos serão yesterday’s news. Não são do dia, mas a massa – entenda-se, o teor das informações – é de qualidade refinada. Quase que nem se nota a diferença. Também, se não falarmos destas novidades no dia seguinte, acabaremos por fazê-lo lá mais para a frente. Daí que até seja melhor não perder mais tempo, e passar desde já às boas novas da sétima arte. Comecemos, então, por Terminator: Salvation.

Nunca pensámos vir a dizer isto, contudo, o trailer de um filme de McG convenceu-nos. E de que maneira. Foram dois minutos e meio de queixo caído, feito parvo a olhar para a perspicácia de McG e companhia. Uma apresentação bem elaborada, com a música dos Nine Inch Nails, The Day the Whole World Went Away, a aprofundar a mística, e algumas sequência de alto lá, a deixar-nos no ponto – pelo menos, para aqueles que partilham deste entusiasmo exacerbado – para a chegada do novo capítulo da saga. Caso o filme venha a corresponder às expectativas, não teremos alternativa senão concluir que Christian Bale é um actor estilo playmaker. Como aqueles jogadores que tornam melhores os colegas de equipa. Não se sabe bem como, contudo, parece que a bola sai mais redondinha dos pés de Bale. Aqui fica o trailer.

Agora, depois de vermos estas imagens, dá vontade de perguntar a McG onde é que estava com a cabeça quando disse à Empire – via Yahoo –, que Terminator Salvation é uma obra mais real do que Transformers 2: Revenge of the Fallen?

I think Transformers is a terrific picture, but that's a picture whose genesis is in a toy. They're sort of more colourful and optimistic and the pictures are sort of breakdancing and flips and backspins. But ours is a very different, real world. Ours is a world of, 'This is where we can be ten years from now'. The whole idea for doing this movie was to honour the first three movies... But begin again!".

Nem se compara a excitação que sentimos em torno da chegada de Terminator Salvation e Transformers 2 – quer dizer, até se compara, e Terminator leva voltas de avanço –, contudo, daí a entramos em discussões irracionais deste calibre, ainda vai um bocado. Tentar decifrar qual destes dois títulos é menos fictício, é tarefa ainda mais complicada do que apontar o menos pateta dos spoof movies que proliferam por aí. Quem, no seu perfeito juízo, já olhou para o carro do lado num semáforo vermelho, só para ver se o condutor era um cyborg assassino vindo do futuro? Se McG quer fazer um filme superior ao de Michael Bay, que trabalhe para isso. Ok, que o conceito de Terminator é diferente do de Transformers. No entanto, em nenhum dos dois o espectador entrará na sala para encontrar paralelismos com o quotidiano.

Bruno Ramos

Etiquetas: , , , ,

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection