Deuxieme


quinta-feira, julho 23, 2009

Bronson - Poster.

Photobucket

Todos os anos, a mesma história. Andamos para aqui em bicos dos pés, a tentar escrutinar tudo aquilo que se vai dizendo sobre os títulos mais aguardados da temporada, e um título aparentemente insignificante acaba por passar despercebido debaixo do radar, e provocar um alarido do caraças quando chega às salas. Um dos primeiros casos de 2009 parece ser Bronson.

Em 1974, um irreverente de dezanove anos chamado Michael Peterson acha que é altura de deixar a sua marca no mundo. Munido de uma espingarda artesanal e uma mão cheia de utopias, decide assaltar um posto dos correios. Apanhado e sentenciado, a pena deveria ter sido apenas de sete anos. Contudo, Peterson acaba por cumprir uma bem maior que essa. Passados 34 anos, pela prisão continua. Trinta destes foram passados na solitária. Durante este período, Michael Peterson, o rapaz, desapareceu, para dar lugar ao seu alter ego, Charles Bronson.

Kristopher Tapley, do InContention, foi apenas um dos muitos que se rendeu aos encantos da película de Nicolas Winding Refn. Porém, aquele cujas palavras valem mais do que as de mil críticos – dependendo dos críticos – é mesmo Peter Travers, da Rolling Stone. E, a frase de Travers que encontramos neste poster, dado ontem a conhecer, diz simplesmente Brilliant... Electrifying... Amazing. Da data de estreia, pois claro, não há sinal de vida.

Bruno Ramos

Etiquetas: , ,

2 Comments:

Blogger Neuroticon said...

A pretensão da frase "A Clockwork Orange For The 21st Century" faz-me não querer ver este filme.

23 de julho de 2009 às 17:38  
Anonymous Marco Santos said...

Meu caro Neuroticon, o meu amigo toma as ilações que quer e se uma frase de um crítico destinada a alimentar a maquina da especulação o demove de ver o filme, está à vontade, é o mesmo que afirmar, não leio Dostoievsky, ou não leio Fernando Pessoa devido a escolhas paupérrimas na hora de seleccionar os adjectivos, pelos pseudo críticos na hora da análise...

Mas faz bem se é isso que acredita, eu não nego à partida um filme que pode ser bom, mediano ou terrivel, mas vejo-o...

23 de julho de 2009 às 22:37  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection