Deuxieme


sábado, janeiro 17, 2009

Marcação no calendário: 'Os Guardiões' - 5 de Março.

Ainda bem que a Warner Brothers e a Fox chegaram a um acordo. Já estávamos aqui com o telefone do Juiz Decide à mão, para o que desse e viesse. Não havia caso que o esmerado magistrado de Carnaxide não resolvesse em quarenta minutos. Este litígio entre os dois estúdios, pela aparente clareza do contrato, não oferecia grandes dúvidas e, o mais certo, era o estimado juiz resolver a disputa antes do comum dos mortais ser capaz de dizer Supercallifragilisticexpialidocious. Mas, não foi preciso. Como gente grande, os executivos conversaram e, segundo a Variety, lá encontraram pontos de equilíbrio. A Warner Brothers sempre garante os direitos de distribuição de Watchmen (Zack Snyder), e o logo da Fox não surgirá no filme. Ao mesmo tempo, a Fox pagará qualquer coisa como dez milhões de dólares, de modo a compensar dívidas acumuladas durante o processo. Contudo, mais importante que isso é a percentagem de receitas de bilheteira a que Fox terá direito. Algo entre 5% e 8.5%, dependendo do total que o filme arrecadar em todo o mundo. No final, todos ficaram mais ou menos radiantes, e todos, sem excepção, afirmaram ter em consideração o fã de Watchmen. Agora, esta bonança depois da tempestade, por ser sol de pouca dura. É que, não só o acordo parece ter sido elaborado em cima do joelho, considerando apenas os efeitos colaterais deste primeiro capitulo, como outra batalha pode vir já a caminho. A Fox pretende juntar Tina Fey e Steve Carrell no filme Date Night, a ser realizado por Shawn Levy. E, para o estúdio, o ideal seria que as filmagens se iniciassem por alturas da Primavera, quando Fey tem um intervalo na rodagem da magnífica 30 Rock. No entanto, a acontecer, isso colidirá com o agenda da Warner Brothers, que pretende ter consigo Steve Carrell antes do Verão para iniciar a produção da sequela de Get Smart. Caramba, estas contendas entre a Warner Brothers e a Fox é que davam um grande filme. Parece que já estamos a ver. O CEO da Warner tem um filho. O CEO da Fox tem uma filha. Podia começar com algo como Two households both alike in dignity, In fair Verona where we lay our scene. Era substituir Verona por Los Angeles e estava feito.

Bruno Ramos

Etiquetas: ,

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection