Deuxieme


sexta-feira, maio 29, 2009

IndieWire dava a Palma a Un Profhète.

Por esta altura, todos os visitantes deste blog, ávidos sabedores – termo resgatado ao eloquente discurso de Luiz Filipe Scolari – das novidades cinematográficas, deverão conhecer já mil e uma trivialidades sobre The White Ribbon, de Michael Haneke, recente vencedor da Palma de Ouro em Cannes. Longe, por isso, estará de ser noticia o triunfo de Christoph Waltz (Inglourious Basterds) na categoria de Melhor Actor; Charlotte Gainsbourg (Antichrist) na de Melhor Actriz; Brillante Mendoza (Kinatay) como Melhor Realizador; e de Jacques Audiard, que levou para casa o Grand Prix por Un Prophète. No entanto, cinco dias volvidos, o IndieWire decidiu reunir a opinião de parte da critica norte-americana presente em Cannes, e deu a conhecer os favoritos daquele selecto grupo. Un Prophète leva a melhor, com seis menções honrosas na principal categoria. Aliás, o filme de Audiard supera os restantes, igualmente, nas categorias de melhor interpretação, argumento, e realizador. Porém, o mais perturbante é ver Antichrist em segundo lugar na lista de melhor filme e ocupar, a mesmíssima posição, na lista dos piores. Este vai fazer correr tanta tinta. Dez euros em como Lars Von Trier vai ser apelidado de canastrão por um critico da nossa praça. Não, não estamos a generalizar. O artigo indefinido singular Um prova que se trata de uma especificação.

Melhor Filme
1) “Un Prophète” - 14 pts (6 votos)
2) “Antichrist” - 11 pts (5 votos)
3) “Police, Adjective” - 10 pts (5 votos); The White Ribbon - 10 (5 votos)

Realizador
1) Jacques Audiard, “Un Prophète” - 15 pts (6 votos)
2) Gaspar Noe, “Enter the Void” - 14 pts (5 votos)
3) Lars von Trier, “Antichrist” - 12 pts (5 votos)

Argumento
1) “Un Prophète” - 11 pts (7 votos)
2) “Up” - 8 pts (3 votos); “The White Ribbon” - 8 pts (3 votos)

Interpretação
1) Tahar Rahim, “Un Prophète” - 16 pts (6 votos)
2) Giovanna Mezzogiorno, “Vincere” - 10 pts (4 votos)
3) Ronnie Bronstein, “Go Get Some Rosemary” - 8 pts (6 votos); Christoph Waltz, “Inglourious Basterds” - 8 pts (4 votos)

Pior Filme
1) “Kinatay” - 12 pts (5 votos)
2) “Antichrist” - 8 pts (4 votos)
3) “Map of the Sounds of Tokyo” - 7 pts (4 votos)
4) “Tetro” - 7 (3 votos)

Bruno Ramos

Etiquetas: , , , ,

1 Comments:

Blogger Passenger said...

Epá, ainda bem que estes Americanos não têm voto na matéria, porque ver o Michael Haneke ganhar a Palma de Ouro este ano, e logo das mãos da Isabelle Huppert, foi uma alegria enorme.

31 de maio de 2009 às 00:32  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection