Deuxieme


sábado, janeiro 24, 2009

Roger Deakins.

O The Passenger, leitor deste espaço, chama à atenção. E, com razão. No entanto, não é que nos tenhamos esquecido de Roger Deakins. Apenas o queríamos abordar, num post exclusivamente a si dedicado. James Newton Howard, que este ano recebeu a sua oitava nomeação para um Oscar, começa a ser um caso bicudo. Contudo, Deakins já está num outro patamar. O mesmo em que se encontrava Randy Newman, quando ganhou o primeiro – e, ainda único – Oscar da sua carreira, ao fim de quinze nomeações. Roger Deakins já conta com oito designações para o mais importante galardão de Hollywood. A última delas, este ano, pela sua parceria com Chris Menges em The Reader. E, aquilo que nos move nestes prémios, como em quaisquer outros, é que ganhe o melhor. O imbróglio de Roger Deakins é que, este ano, por muita empatia que tenhamos pelo seu trabalho, acreditamos que dificilmente se fará justiça se, finalmente, levar o Oscar para casa. Sem termos ainda visto a sua contribuição no filme de Stephen Daldry, poucas têm sido as vozes que o elevam acima do trabalho de Wally Pfister (The Dark Knight), Claudio Miranda (The Curious Case of Benjamin Button), ou até mesmo de Anthony Dod Mantle (Slumdog Millionaire), que já ganhou o prémio de Melhor Fotografia no círculo de Nova Iorque. Nesta temporada, Roger Deakins ainda não ganhou qualquer troféu. E, com a devida dose de realismo exigida, o mais certo é terminá-la da mesma maneira. Contudo, muitos defendiam uma dupla nomeação para Deakins. Decisão difícil, no mínimo. A lente de Tom Stern, em Changeling, marca o passo da mise en scène. Ao mesmo tempo, a fotografia de Deakins em Revolutionary Road nunca nos deixa de surpreender. Só podem ser cinco. E, cinco são cinco.

Agora, o que nos está atravessado, e por muito tempo assim continuará – pelo menos, até Deakins levar o seu Oscar –, são as três vezes que deveria ter subido ao palco e, ao invés, permaneceu sentado na plateia a aplaudir alguém que reclamava o que, por direito, era seu. A primeira delas, em 1994, quando John Toll (Legends of the Fall) levou a melhor. The Shawshank Redemption merecia este Oscar. Se calhar, mais do que qualquer outro. Ao longo dessa temporada, Deakins havia ganho a distinção máxima da American Society of Cinematographers (ASC). A segunda, em 2001. Andrew Lesnie e a soberba fotografia de The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring arrebataram multidões. No entanto, nada superou a delicadeza de Deakins em The Man Who Wasn’t There. Que, nesse ano, ganhou nos BAFTA, American Film Institute e, mais importante, novamente nos troféus da ASC. A última, o ano passado. A fotografia de Robert Elswit, em There Will Be Blood, é de tirar o fôlego. Antes da cerimónia, Deakins não havia ganho na corrida aos ASC. Elswit chegou-se à frente nesse importante barómetro. Muitos pensaram que a Academia podia então fazer justiça, e premiar a belíssima fotografia de The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford, que não só é de tirar o fôlego, como nos devolve imediatamente o dito cujo. Se já tinha tirado dois Oscar que, meritoriamente, pertenciam a Deakins, esta era a oportunidade ideal para a Academia redimir-se. Mas, não. Em 2007, ao contrário do que acontecera em 1994 e 2001, a AMPAS resolveu seguir a orientação da ASC. O magnífico trabalho de Deakins em Jesse James passou ao lado dos Oscar. O ano passado, dissemos aqui que, a seguir à categoria de Melhor Filme, a de Melhor Fotografia era aquela que despertava maior curiosidade. Hoje, podemos especular se a dupla nomeação – Deakins também estava nomeado por No Country For Old Men – não terá sido a causa desta infelicidade. Uma coisa é certa. Houve quem já achasse estar a ser perseguido por muito menos que isto.

Bruno Ramos

Etiquetas: , , , ,

3 Comments:

Anonymous Alexandre J. said...

Yep. O ano passado Deakins foi roubado em grande. A derrota por "O Barbeiro" também foi escandalosa. E acho que ainda podia ter ganho por "Irmão, Onde Estás?". Um génio.

24 de janeiro de 2009 às 20:28  
Blogger Passenger said...

Não estava à espera de ser mencionado, e logo na primeira linha! Obrigado, Bruno Ramos. Realmente, é um assunto que merece uma mensagem à parte. Este será para mim o ponto mais interessante da cerimónia. Concordo que no ano passado houveram trabalhos muito bons em termos de fotografia, enfim, fiquei desapontado por ver Deakins ir para casa de mãos a abanar mais uma vez, afinal eram 2 nomeações, mas o There Will Be Blood, Atonement e O Escafandro E A Borboleta eram também magníficos, qualquer um podia ter ganho. Mas nos outros anos... por favor. Por isso agora em 2009 a Academia tem hipótese, mais uma vez, de se redimir. É esperar para ver.

Já agora, se me permitirem, deixo um link para uma lista dos melhores planos criados por Deakins... escolhidos por Deakins:

http://www.imdb.com/name/nm0005683/board/nest/101583838

Para quem não souber de quem estamos a falar perceber o alcance do génio deste homem.

Cumps!

25 de janeiro de 2009 às 00:31  
Blogger Zozobra said...

Gostei bastante da opinião expressa pelo Bruno, este sr. merecia um óscar, o ano passado fiquei bastante desiludido por ele não ter ganho com o Jesse James, e no ano do The Man Who Wasn't There idem idem...

Este ano, apesar de ainda não ter visto o Benjamin (vai ser esta noite) e o Reader, estou inclinado para o The Changeling que para mim está fenomenal tanto no geral como no particular da fotografia.

O Slumdog não me encheu as medidas, e o Dark Knight, apesar de ter uma fotografia espectacular, para mim gostei mais do ambiente e das cores do Batman anterior.

25 de janeiro de 2009 às 13:22  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection