Deuxieme


segunda-feira, abril 06, 2009

As garras de Wolverine fazem a primeira vitima.

Um belo dia, Hugh Jackman e a 20th Century Fox concordaram que seria boa ideia fazer um filme dedicado a Wolverine. Para deleite de milhões de fãs da saga, a estrela da companhia X-Men teria a oportunidade de brilhar numa película inteiramente à sua disposição. David Benniof começou a escrever o argumento, e Gavin Hood foi contratado como realizador. A rodagem decorreu sem sobressaltos, e a obra foi para pós-produção. Com o hype a aumentar a cada dia, as entrevistas promocionais foram-se sucedendo. Teasers, posters, trailers, feauturettes. A panóplia do costume. Jackman a apresentar a cerimónia dos Oscars foi uma espécie de bónus. Por esta altura, Roger Friedman, um freelancer a colaborar com a Fox News, tomava o seu café matinal com a mesma descontracção de sempre. Contudo, na última semana de Março, aquela decisão de Jackman uns anos antes viria a revelar-se determinante na carreira profissional de Friedman. Alguém colocou um torrent online com o filme de Hood. X-Men Origins: Wolverine ficou, assim, à babuje. Era só pegar. Friedman pegou. Mordeu o isco. O problema é que o pobre Friedman só queria mostrar trabalho. No entanto, o excesso de vontade, para o bem e para o mal, pode ser tão nefasto como a falta dela. Num acto de manifesta ingenuidade, Friedman publica uma critica do filme — entretanto retirada do site. Já depois de a 20th Century Fox ter informado que tinha posto o FBI a tomar conta do caso, e que todos aqueles que tivessem lucrado com a colocação do título online teriam a punição merecida. Friedman, entretido a ver o filme, não deve ter tido conhecimento. No dia seguinte, a Fox News, algo agastada com o sucedido, comunica o seguinte.

We’ve just been made aware that Roger Friedman, a freelance columnist who writes Fox 411 on Foxnews.com - an entirely separate company from 20th Century Fox — watched on the internet and reviewed a stolen and unfinished version of X-Men Orgins: Wolverine. This behavior is reprehensible and we condemn this act categorically — whether the review is good or bad”.

Aqui, Friedman deve começado a ver a sua vida andar para trás. Hoje, depois do post colocado por Nikki Finke, deve ter começado a retocar o CV.

I’m told that Fox News’ actions were swift and severe. Roger Ailes, who overseas Fox News, deleted the offending post after he was contacted by 20th Century Fox, and then fired Friedman as a freelance Fox News entertainment writer. I hear the move was done with the full support of News Corp. ”He promoted piracy. He basically suggested that viewing a stolen film is OK, which is absolutely intolerable. So we fired him,” a source told me Saturday. “Fox News acted promptly on all fronts”.

Não será seguramente o primeiro despedimento da História provocado por um filme. Mas, deste género, se calhar nunca houve outro igual.

Bruno Ramos

Etiquetas: , ,

5 Comments:

Anonymous Marta said...

Coitado! Pobre do homem! Mas também, não tendo o conhecimento de todos os contornos da história, este Friedman é um bocado despistado!

6 de abril de 2009 às 00:30  
Blogger Joao F said...

O dito jornalista não se limitou a analisar um filme de que fez download ilegalmente. Fez questão de se vangloriar de o ter visto sem pagar, e de que iria repetir a experiência. Chegou mesmo a dizer que como no dia seguinte estaria a chover, em vez de ir ao cinema ver I Love You, Man, iria também fazer download de uma cópia pirata.



Não acho que seja um pobre homem, muito menos tenho pena dele. Sabia perfeitamente o que estava a fazer. Se calhar achou que pelo facto de estar a trabalhar para a própria empresa a que estava a roubar lhe dava algum tipo de legitimidade.





Se alguém estiver interessado,
este site tem um exaustivo olhar sobre a situação.

6 de abril de 2009 às 14:08  
Blogger Alvy Singer said...

Se quisermos ser simpáticos, despistado é eufemismo, Marta.

João, tentámos ser irónicos. Se calhar não fomos bem sucedidos. Mas, para que fique registado, pena é coisa que também não temos. Gratos também pela partilha de informação. Já agora, aqui fica um dos parágrafos salvos pelo Rope of Silicon.

"I did find the whole top 10 [movies in theaters], plus TV shows, commercials, videos, everything, all streaming away. It took really less than seconds to start playing it all right onto my computer. I could have downloaded all of it but really, who has the time or the room? Later tonight I may finally catch up with Paul Rudd in I Love You, Man. It’s so much easier than going out in the rain!"

6 de abril de 2009 às 14:35  
Anonymous João André Farinha said...

Não estava, de modo algum, a criticar o texto. Eu percebi a ironia e estava só a dar a minha opinião ;)




Já agora, peço desculpa pela formatação que dei ao meu comentário anterior. Longe de mim querer estragar a estética deste espaço!




Já agora, segundo as últimas notícias, ainda não é mesmo certo que o Friedman já tenha sido despedido...

6 de abril de 2009 às 20:01  
Anonymous João André Farinha said...

E voltei a fazer o mesmo erro nos comentários! Acho que desta aprendi (despistado sou eu, afinal)...

6 de abril de 2009 às 20:02  

Enviar um comentário

<< Home

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection