Deuxieme


quarta-feira, março 04, 2009

Up in the Air.

No primeiro pelotão dos títulos mais antecipados para este ano de 2009, lá atrás, quase sem se dar por ele, encontramos Up in the Air, de Jason Reitman. Filho de Ivan Reitman (Ghostbusters), podemos afirmar que Jason Reitman é um cineasta ainda à procura de uma identidade. Num primeiro momento, sobretudo quando nos lembramos de Thank You For Smoking (2005), parecia-nos que Reitman estava disposto a seguir as pisadas de um Wes Anderson ou um Alexander Payne. No entanto, Juno (2007) veio baralhar as coisas, e, perdoem-nos os mais acérrimos fãs da dupla, Reitman aproximou-se mais da faceta algo tresloucada dos Coen. Hoje, com a sinopse de Up in the Air ao colo, e a adição de Jason Bateman ao elenco – que contava já com George Clooney, Vera Farmiga e Anna Kendrick –, somos tentados a dizer que Reitman deverá andar mais perto desta última vertente, pese embora lhe falte um irmão. Apesar de os seus filmes continuarem a ser de baixo orçamento, escritos e realizados pelo próprio, e com uma estrela no máximo – George Clooney é o primeiro grande nome a protagonizar uma obra sua –, estranhamente, as histórias de Reitman não encontram feedback apenas num determinado nicho do mundo da cinéfilia. Thank You For Smoking foi nomeado para dois Globos de Ouro e Juno ganhou um Oscar. Veremos onde este vai parar.

Para já, sabe-se que Up in the Air, baseado na obra de Walter Kirn, conta a história de Ryan Bingham (Clooney), um conselheiro de transições de carreira – eufemismo para alguém que passa a vida a despedir pessoas –, que tem apenas um objectivo na vida: acumular um milhão de milhas na sua conta de voos. Jason Bateman será o patrão de Clooney. Vera Farmiga será a mulher que se cruza com Bingham em hotéis e aeroportos espalhados pelos Estados Unidos, e Anna Kendrick uma funcionária que desenvolve um programa informático que permite aos conselheiros de transições de carreira a trabalhar num escritório – suprimindo a obrigatoriedade dos voos, e reduzindo os postos de trabalho. Em tempos de recessão, este parece ser um tiro certeiro.

Bruno Ramos

Etiquetas: , , , , ,

Menu Principal

Home
Visitantes
Website Hit Counters

CONTACTO

deuxieme.blog@gmail.com

Links

Descritivo

"O blogue de cinema"

  • Estreias e filmes em exibição
  • Próximas Estreias
  • Arquivos

    Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011

    Powered By





     
    CANTINHOS A VISITAR
  • Premiere.Com
  • Sound + Vision
  • Cinema2000
  • CineCartaz Público
  • CineDoc
  • IMDB
  • MovieWeb
  • EMPIRE
  • AllMovieGuide
  • /Film
  • Ain't It Cool News
  • Movies.Com
  • Variety
  • Senses of Cinema
  • Hollywood.Com
  • AFI
  • Criterion Collection